quinta-feira, 4 de agosto de 2011


Sinto a tua ausência. Hoje mais do que nunca queria ter – te aqui comigo , sei que falta pouco tempo para te poder abraçar , mas mesmo assim , sinto – me ansiosa. Já não é a primeira nem segunda vez que me encontro nesta situação , e certamente também não será a ultima. Pensava que com o passar do tempo , com a soma dos dias e a multiplicação das horas , esta ansiedade/angustia fossem mudar , pensava que da próxima vez que te visse partir as coisas fossem menos dolorosas e os dias passassem com mais entusiasmo … mas não , o tempo não parou de correr e todos estes sentimentos se mantiveram intactos.
Neste momento , só precisava de ver – te para o meu coração gritar de felicidade , quase como um miúdo que salta pela primeira vez num trampolim e não consegue deixar de sorrir. Não sei porquê , mas tens este efeito sobre mim. Consegues fazer de um simples momento , o momento mais bonito da minha vida … e sabes ? É isso que eu admiro em ti , podes voltar depressa ?

Sem comentários:

Enviar um comentário