terça-feira, 9 de agosto de 2011

O céu está limpo. Pela janela do meu quarto entra um sol abrasador , um sol tão bonito que contrasta perfeitamente com o azul do mar , e me faz possuir uma grande vontade de estar a passear pelo areal neste momento. Queria contemplar o infinito que existe entre o céu e o mar , observar o movimento tão distinto das ondas e ouvir o seu bater , ver as crianças a correrem com um sorriso gigante e os casais carinhosamente abraçados na água , como senão houvesse amanhã. Sinto – me leve , mesmo com todas as saudades que tenho acumuladas no meu coração , pois finalmente chegaram dias quentes e os restantes parecem ter levado toda a tristeza que (ainda) invadia o meu quarto , este meu pequeno (grande) mundo. É incrível como o ar exterior consegue ter um domínio tremendo no interior de cada um de nós , é incrível como ocorrem mudanças repentinas conforma o estado do tempo , e isso nos “modifica” o espírito também. E , mesmo que feche as persianas e o escuro invada este meu espaço , eu vou continuar a sentir – me serena , tão serena como se estivesse a flutuar nas águas do mar. Sabem porquê ? Porque sei que , quando subir as persianas , o sol vai sorrir – me novamente ... e isso , faz – me sentir feliz.

5 comentários:

  1. tens noção de que está mesmo lindo ? :oo
    AMO, AMO, AMO, AMO-TE *-*

    ResponderEliminar
  2. Achas mesmo Ana ? :o
    Tu és tão fofinha, LOVE YOU *.*

    ResponderEliminar
  3. não acho , tenho a certeza :D
    és mais, love you too <3

    ResponderEliminar
  4. Este blog deve - se a ti , e tu sabe-lo muito bem $:

    ResponderEliminar